COMPARTILHAMENTO DE CONHECIMENTO POR GRUPOS DE PESQUISA: MÍDIAS, UTILIZAÇÃO E POTENCIALIDADES. DISSERTAÇÃO, 2019. Dissertação, 2019.

A área de Mídia do Conhecimento trabalha com: captura, armazenamento, seleção, sistematização, produção, resgate e distribuição do conhecimento. As mídias dependem de tecnologia, sejam ou não tecnologias específicas de informação e comunicação (TICs), para cumprir com eficiência suas funções. Por sua vez, especialmente pelo trabalho dos grupos de pesquisa científico-tecnológica, as universidades são instituições sociais que se beneficiam com a popularização e o barateamento de tecnologias específicas, como TICs, criando com isso mais possibilidades de desenvolver e compartilhar conhecimento. As mídias baseadas em TICs podem auxiliar universidades e outras instituições, reduzindo barreiras nas atividades de produção, decodificação e compartilhamento do conhecimento, inclusive alcançando uma maior parcela da sociedade. A partir dessas considerações, o objetivo da pesquisa realizada para este estudo foi analisar as mídias baseadas em tecnologias de informação e comunicação, que são utilizadas por grupos de pesquisa em Gestão do Conhecimento, considerando-se especialmente vantagens e potencialidades no compartilhamento do conhecimento com a sociedade. Primeiramente, em uma etapa exploratória, foram identificados na literatura métodos e técnicas de gestão do conhecimento baseados em TICs. Também, identificou-se mídias acessíveis e disponíveis no mercado, para o cumprimento de funções correlacionadas. Sem seguida, houve um mapeamento da utilização das mídias, com aplicação de questionário, envolvendo integrantes de 38 grupos de pesquisa em Gestão do Conhecimento. Para cada método ou técnica empregada nos grupos, foram verificadas as mídias mais utilizadas. Como resultado parcial, foi possível perceber a pouca adoção de soluções baseadas em TICs no trabalho dos grupos pesquisados. Contudo, a mídia mais utilizada em cada método ou técnica foi selecionada e encaminhada para ser avaliada por especialistas. A fundamentação teórica foi especialmente composta com constructos das teorias Unified Theory of Acceptance and Use of Technology e Unified Theory of Acceptance and Use of Technology 2 e NBR ISO/IEC 9126-1. Com base na teoria estudada e considerando-se os dados de utilização das mídias selecionadas, houve a construção de outro questionário, como instrumento de avaliação de potencialidade das mídias, para consulta aos especialistas. Em síntese, foram avaliadas as potencialidades de mediação, utilização e características essenciais, para o compartilhamento do conhecimento em grupos de pesquisa de Gestão do Conhecimento. A análise do processo de avaliação resultou na confirmação da pouca utilização de mídias por parte dos grupos de pesquisa, ressaltando como forma de conversão do conhecimento, a dependência da socialização (tácito para tácito), principalmente, por meio de encontros pessoais. Houve ainda percepção da carência de mecanismos no compartilhamento do conhecimento com a sociedade. A análise de potencialidade e características de mediação permitiu considerar que as mídias apresentam as características necessárias para sua utilização no ambiente organizacional e como recursos de compartilhamento do conhecimento com a sociedade. Com os resultados do estudo, considera-se que houve o cumprimento dos objetivos propostos, cuja contribuição relevante é a apresentação do panorama de utilização das mídias em grupos de pesquisa de Gestão do Conhecimento, assinalando as mídias como recursos potenciais de compartilhamento na dinâmica interna dos grupos e na disseminação do conhecimento para a sociedade.

Palavras-chave: Compartilhamento de conhecimento. Conhecimento científico. Mídias do conhecimento.

Link para download: Rayse Kiane de Souza.

 

istanbul masöz free psd templates manisa escort
Translate »