O Design Thinking Como Ferramenta Ativa Na Educação Em Uma Instituição De Ensino Do Sul Do País

Ana Elisa Pillon, Leila Regina Techio, Márcio Vieira De Souza, Vania Ribas Ulbricht

Resumo:

A educação vem passando por transformações e uma das modalidades que vem crescendo significativamente é a modalidade híbrida de ensino, ou blended learning, que mescla o ensino à distância (ead) e as metodologias ativas aplicadas nos encontros presenciais. As instituições de ensino superior (ies), públicas ou privadas, estão adaptando-se a novas formas de pensar o ensino e aprendizagem, e com isso aumentando a oferta de disciplinas e cursos neste tipo de modalidade, sendo que a mais nova nomenclatura é graduação 4.0. Ao pensar em propostas inovadoras e disruptivas, aparecem novos obstáculos a serem superados. Com o intuito de mapear as formas que melhor se adequam ao novo perfil discente, são aplicadas metodologias de ensino e ofertas de diferentes tipos de materiais, o que vai em contraposto do que historicamente e culturalmente foi considerada como a forma correta de trabalhar a educação, ou seja, a educação bancária. Neste sentido, este artigo tem como objetivo analisar a prática de uma ies que oferece disciplinas e cursos nas modalidades híbridas e graduação 4.0 e faz uso de metodologias ativas. Para este trabalho foi adotada a metodologia que inclui pesquisa descritiva e aplicada, com abordagem qualitativa. Optou-se pela utilização de pesquisa bibliográfica e estudo de caso como procedimentos técnicos. Os resultados deste estudo tornaram clara a intenção da ies em aprimorar suas metodologias constantemente, buscando oferecer a seus estudantes práticas condizentes com a era da educação digital em que nos encontramos.

Disponível em: link

istanbul masöz free psd templates manisa escort
Translate »